O avanço tecnológico dos rádios comunicadores, desde a criação desse tipo de equipamento até hoje, é muito significativo.

Os rádios comunicadores são utilizados por uma grande quantidade de usuários no mundo todo e com as mais diferentes utilidades.

Exatamente pelo grande aumento do uso de rádios comunicadores nos últimos anos é que muitas dúvidas surgem sobre o assunto.

Walkie-talkies e rádios comunicadores são a mesma coisa?

Podemos dizer que em parte sim. Ao se tratar de forma de comunicação, podemos dizer que os walkie-talkies e os rádios comunicadores tem a mesma função.

Porém, analisando mais minuciosamente vemos que o walkie-talkie é um tipo de rádio comunicador.

O walkie-talkie é um rádio transmissor e receptor UHF ponto a ponto portátil. Ele possibilita a comunicação entre um equipamento e outro, porém somente com poucos canais, frequências pré-programadas, alcance limitado, bateria tem pouca duração e o equipamento é mais frágil.

A indicação é do uso do walkie-talkie de forma amadora e já os rádios comunicadores de forma profissional.

Os rádios comunicadores podem ser também equipamentos portáteis, mas devido a sua maior tecnologia precisam muitas vezes de equipamentos acessórios que permitem que ele possua maior alcance e melhor sinal.

A Motorola, por exemplo, que é líder nesse mercado conta hoje com uma vasta gama de modelos de rádios comunicadores:

  • Analógicos portáteis;
  • Analógicos móveis;
  • Repetidoras,
  • Digitais portáteis;
  • Digitais móveis;
  • Rádios TalkAbout.

Os rádios comunicadores podem operar tanto em VHF (Very High Frequency) quanto em UHF (Ultra High Frequency). VHF é a faixa de 30 a 300 MHz e a UHF de 300 MHz a 3 GHz.

A principal diferença entre as frequências está na capacidade de elas atingirem maior alcance e melhor qualidade de transmissão das mensagens de voz. Os rádios comunicadores operam em frequência analógica e digital.

A tecnologia avança cada dia de forma desenfreada e com isso a cada dia novos modelos de rádios comunicadores se apresentam no mercado trazendo para o usuário uma comunicação cada vez mais dinâmica.

Os especialistas indicam o uso de walkie-talkie para uso de lazer e diversão inclusive, pois eles possuem um valor bem mais acessível.

Já os rádios comunicadores possuem um valor mais alto o que faz até com que muitos usuários optem pela locação dos mesmos. Diferentes tipos de profissionais e empresas fazem uso dos rádios comunicadores. Desde empresas de pequeno porte que se utilizam de poucos equipamentos até grandes empresas, onde quase todos os funcionários utilizam um rádio.

A robustez dos rádios comunicadores faz com que eles sejam utilizados, por exemplo, na segurança privada e até militarmente.

Como saber qual a melhor opção em rádios comunicadores?

Ao se procurar esse tipo de comunicação, o ideal é buscar uma empresa especializada para assim obter informações mais precisas e claras sobre todas as opções.

Os especialistas avaliando a necessidade de cada cliente irão indicar qual é melhor opção de rádio comunicador pensando sempre em atender o usuário da melhor forma.

Alguns itens devem ser avaliados nessa escolha e que fazem diferença no dia a dia do uso desses equipamentos.

São eles:

  • Duração da bateria;
  • Quantidade de canais;
  • Tipo de frequência;
  • Alcance com e sem barreiras;
  • Possui comunicação em grupo;
  • Realiza conferência;
  • Envia mensagens de texto;

Todas essas informações devem ser buscadas com o especialista para que a escolha do equipamento seja a mais adequada a cada necessidade.

Muitos usuários, inclusive, utilizam diferentes tipos de equipamento em suas operações para com isso obter as melhores condições e características de cada tipo de equipamento pensando sempre na melhor comunicação possível.

É preciso buscar o maior número de informações possíveis sobre os rádios comunicadores para poder utilizar esse tipo de comunicação da melhor forma.