Sabia que quase 40% da população mundial faz compras pela Internet? 3.26 bilhões de utilizadores em todo o mundo fazem compras que somam um total de 7.4 trilhões de reais. Só para se ter uma referência, o Produto Interno Bruto do Brasil em 2015 foi de 5.9 trilhões de reais. E estes valores vão continuar a crescer exponencialmente, pois em 2017 deverá haver mais tráfego na internet do que em todos os anos anteriores juntos, e uma boa parte desse tráfego vai ser para comprar pela rede.

Por que fazer compras pela Internet?

Compras pela Internet

Fazer compras pela Internet é conveniente, fácil e permite aos consumidores comparar preços, o que é uma vantagem enorme quando comparado com o comércio tradicional. Para além destas vantagens, ainda se têm acesso a promoções e descontos como cupons, só disponíveis na Internet; pode-se consultar comentários e opiniões de outros consumidores, tanto dos produtos como dos próprios vendedores. Vivemos num mundo em que a opinião online é a chave do negócio e os varejistas sabem que, como é extremamente fácil deixar comentários online, um cliente insatisfeito rapidamente se transforma num pesadelo para o comerciante.

Este artigo vai mostrar como conseguirá obter os melhores preços sem sair da sua cadeira. Mas não falaremos só de preços, falaremos também de acesso a muitas outras opções e da garantia na compra de produtos de qualidade, independentemente do preço. Este último ponto é importante pois nem sempre buscamos somente o melhor preço, mas sim a melhor relação preço-qualidade, ou seja, custo-benefício. Falaremos também de segurança, pois essa continua a ser a maior preocupação das pessoas que fazem ou gostariam de fazer compras pela internet.

Como comprar pela Internet

Que decisões tomar – Generalistas x Especializados

Obviamente que não existe uma lista única exaustiva que possa responder diretamente a esta pergunta, até porque dependerá muito do que se quer comprar. Podemos estar falando de livros virtuais, colchões de água, pneus de trator, viagens de balão, cursos de fazer sabonetes ou até mesmo casas na praia. Não existe (ainda!) nenhum site no qual seja possível comprar de tudo, possível e imaginável. Existem sites generalistas, onde se pode comprar a maioria das coisas que normalmente se compra pela internet, como o Mercado Livre, e depois existem sites mais especializados, como a Calçados Online, para a compra de calçados, por exemplo.

Nacionais x Importados

Outra decisão que tem que ser tomada é se queremos comprar produtos produzidos ou vendidos somente em território nacional ou se queremos também produtos importados. Normalmente, as opções principais são importar dos Estados Unidos, de sites como a Amazon, ou da China, como o site AliExpress. Outra opção é importar da Europa em sites como o expansys, até porque hoje em dia os melhores preços podem vir do mercado Europeu. Como regra geral, a China tem os melhores preços, os Estados Unidos tem todas as opções e a Europa tem alguns nichos específicos e pontualmente melhores preços quando comparados com os Estados Unidos.

No entanto, a decisão de importar não é tão fácil porque tem que se levar em consideração os impostos. O regime simplificado que é aplicado a todos os casos (consulta na receita federal) independente do valor é de 60% do valor da mercadoria, mais o ICMS do seu estado. Na prática, um produto que custe 100 Reais já com frete, pode custar na realidade 160 Reais. Utilize esta ferramenta online para verificar os custos que vai ter com a importação.

Um outro problema para importar tem que ver com a recusa de muitos retalhistas internacionais em enviar os produtos para o Brasil. Neste caso, uma alternativa poderá ser utilizar redirecionadores. Estas são empresas com armazéns físicos nos países de origem, que recebem os produtos e os enviam para o seu endereço. Este serviço tem um custo extra, por isso somente utilize se não tiver mais nenhuma opção. Obtenha mais informação de redirecionadores aqui.

 O mundo dos cupons

Pode parecer inacreditável, mas é possível encontrar centenas de cupons online que nos fazem um desconto direto nas compras. Tão simples como ir a um site de desconto, como o Mr.Rebates, se registrar gratuitamente, obter o código e aplicar depois no momento da compra. Descontos de 20 a 30% são bem comuns mas pode-se encontrar descontos muito maiores. Para além dos cupons, existem também os cash backs (dinheiro de volta) que permitem que após a compra se receba parte do dinheiro de volta. A Exame fez um pequeno artigo aqui que explica bem este conceito.

Comparadores profissionais de preços

Há mais de 10 anos nasceu o site Priceline, provavelmente um dos pioneiros do seu gênero, em que a sua principal função era comparar preços entre outros sites de varejo. Além disso, o cliente podia também definir o preço que pretendia pagar pelo produto e era informado quando tal acontecesse. Esse modelo cresceu e hoje em dia já existem imensas opções de comparação de preço que inclusive permitem comprar diretamente dentro do próprio site, ou seja, sem necessidade de ir para o site da empresa da qual se vai comprar.

Novos x Usados

Hoje em dia com a nova moda dos brechós, a compra de usados ganhou um novo destaque entre os consumidores. O movimento verde, também em crescente no Brasil, luta para o aumento da re-utilização além da reciclagem, que significa vender o que já não se usa e está parado em casa. Existem muitos sites que vendem usados e neste caso deve-se pensar se o que quer comprar tem mesmo que ser novo ou pode já ser usado com a grande vantagem de comprar com um bom desconto.

Melhores sites para comprar

Aqui teremos que dividir em alguns sub-títulos, fruto das opções que referimos no ponto anterior. Vamos sugerir sites nacionais e internacionais globais, e também sites de comparação de preços. Comecemos pelo mais fácil que é comprar um produto genérico, sem importação. Para além dos sites das próprias marcas fabricantes como a Apple ou Samsung por exemplo, podemos comprar em outros retalhistas ou varejistas que vendem os mesmos aparelhos. Além dessas possibilidades poderemos comprar em sites como o Mercado Livre ou o enjoei.com.br que não vendem diretamente mas são um mercado virtual onde pequenos ou grandes retalhistas podem vender de tudo.

Nacional – Brasil

Mercado Livre Este é talvez o melhor site Brasileiro para se comprar de tudo, desde colchões até formigas. Funciona exatamente como um mercado clássico, ou seja o Mercado Livre não vende nada, os varejistas é que criam os seus anúncios para vender os seus produtos e o site cobra-lhes uma taxa. Da mesma forma que vende novos também é o maior mercado de usados onde pode comprar com toda a segurança e proteção do Mercado Livre. A grande diferença entre sites como o OLX e o Mercado Livre é que, no caso deste último, o pagamento é feito através do site e inclui a proteção do pagamento, enquanto que no OLX o pagamento é realizado diretamente com o vendedor.

Enjoei –  O enjoei é o maior marketplace de moda do Brasil, onde pessoas podem comprar coisas bacanas a preços mais baixos e vender aquilo que já não usam mais.

Walmart O Walmart é uma das maiores redes varejistas do mundo. O maior retalhista do mundo está em forte investimento no Brasil, conquistando a confiança do consumidor com o seu excelente serviço e oferta variada. Não é 100% online pois tem muitas lojas espalhadas pelo país mas a sua oferta online é enorme.

Submarino O Submarino foi dos pioneiros no comércio eletrônico no Brasil e não pára de crescer. A marca de e-commerce pioneira na internet, é referência em tecnologia, inovação e entretenimento. O Submarino tem uma parceria com as lojas Americanas.com e com o Shoptime formando a B2W Digital e com a adição de outros sites tornou-se na maior rede de varejo do país. Lembrando que o Submarino não tem loja física, é 100% online.

Polishop – Polishop é reconhecida pelo lançamento de produtos inovadores em diversos segmentos. Desde o seu nascimento em 1999, a POLISHOP se empenha em oferecer soluções e produtos inovadores e de qualidade, além de um completo leque de possibilidades de interação. MISSÃO: Oferecer sempre a melhor experiência para o cliente, onde ele estiver, através de soluções inovadoras e de qualidade.

Estados Unidos

Amazon Não pode haver guia de compras sem a Amazon, a maior e mais emblemática loja virtual do mundo. Tal como o Mercado Livre tem novos e usados, e tem de se ter em consideração se fazem entregas para o Brasil ou não. Se não for o caso então considerar outro vendedor ou  utilizar redirecionadores. Falo em outro vendedor porque a Amazon é um mercado de retalhistas, ou seja o mesmo produto tem vários vendedores possíveis.

Ebay Aquele que começou por ser um site de leilões e que ainda continua a ser tornou-se numa gigante loja virtual também com um pouco de tudo. Os leilões possibilitam grandes negócios, só tem de ter cuidado para não se entusiasmar muito.

China

Aliexpress O site da moda Chinês e aquele mais utilizado pelos Brasileiros garante quase sempre os melhores preços. Enorme variedade de produtos e também é bastante confiável, não tenha receio de fazer compras com eles.

DealExtreme Outra alternativa também com vários anos de mercado e que permite inclusive compras parceladas.

Comparadores de preços

Buscape O maior site brasileiro de comparação de preços que continua a crescer com as várias aquisições que tem realizado. Mais de 10 milhões de visitas diárias dizem tudo do seu valor.

Bondfaro Tem algumas opções extra, como serviços de sugestão ou navegação em lojas altamente referenciais por outros compradores

Segurança nas compras pela Internet

Quando se faz compras pela Internet através de sites como o Mercado Livre, está comprando a um retalhista individual e não ao Mercado Livre. No entanto, o site dá alguma garantia na compra, principalmente em termos de pagamento. O retalhista não recebe o pagamento caso o produto que o comprador receba não seja aquilo que encomendou, para isto basta fazer uma reclamação no site. No entanto, é importante pré-avaliar os vendedores antes de decidir, principalmente os comentários que este ou aquele já tiveram, positivos ou negativos. Além deste cuidado existem outros a se ter para qualquer site que em pretenda fazer uma compra:

  1. Procure sempre comentários em relação ao produto e ao vendedor se for um site de compras globais como a Amazon ou Mercado Livre.
  2. Consulte a política de devolução e cobertura do pagamento.
  3. Desconfie de sites que pedem dados particulares não comuns.
  4. Desconfie de preços demasiado bons para ser verdade.
  5. Quando for inserir os dados do cartão de crédito verifique que no endereço da página está https://…
  6. Sempre que possível utilize serviços como o Paypal para fazer pagamentos.

Fácil demais

As vantagens de fazer compras pela Internet são tantas e a segurança aumentou tanto que o futuro do varejo é mesmo virtual. Não ter que dirigir nem gastar combustível, não ter horário de abertura, pode se ver comentários de outros compradores, a oferta é infinita, poder obter os melhores descontos, quer mais? Mesmo quando se fala de comida fresca, por exemplo, hoje é muito fácil receber verduras e fruta em casa, sempre com ótima qualidade.

Já sabe, tenha sempre um espírito crítico, tanto em relação à segurança como à necessidade da compra que vai realizar. Não havendo dúvidas não hesite, vai ver que depois de começar não vai mais querer parar. Lembre-se: 40% de todos os utilizadores de Internet no mundo já fazem compras pela Internet, mais de um bilhão de pessoas, o que está esperando? Vamos às compras?

Imagem cortesia de digitalart em FreeDigitalPhotos.net